20/12/2016

Querido Diário: Uma geração do tempo.


Somos da geração Y, aqueles que não perdem tempo perdendo tempo.
Vivemos para provar que somos os jovens despreocupados que podem andar sem relógio no pulso.
Não nos importamos com o amanhã e queremos sempre saber do necessitado agora.
E é ai que entra os problemas.
Nós queremos o agora e nunca esperamos o depois.
No nosso planejamento só contém o dia de hoje.
Somos pressionados a fazer tudo em 24 horas: estudar, namorar, curtir, trabalhar, ser bem sucedido, aproveitar a vida, viver.
Até os 21 temos que saber quem realmente somos, namorando com o amor da nossa vida, ter a casa própria com cinco carros na garagem alem de estar na lista dos mais bem pagos.
O nosso lema é agora ou nunca.
Vivemos correndo contra os tique-taques do relógio embora falemos que "o tempo não nos controla". Que mentira!
Sabemos muito bem que ele é o nosso inimigo cada vez que olhamos no espelho á procura de um ruga e buscamos no google formas de não envelhecer.
Queremos ser os jovens eternos.
Queremos que o dia tenha 100 horas.
Queremos abraçar o mundo sozinhos.
Queremos ser o melhor sendo o pior.
Queremos viver mesmo nos matando.
O Agora é o único tempo que conhecemos.
Corremos sem ter um objetivo.
Somos a ilusão de algo que criamos.
Somos a geração Y, a sem coração e com tudo á um clique de distancia, aqueles que vivem pelo dinheiro e que fingem amar, jovens que só vem a si mesmo e que colocam a carreira acima de qualquer coisa.
Somos a geração y que não entende nada e perde ao tentar não perder tempo.
Somos a geração do tempo desperdiçado.


Não deixe de me seguir nas redes sociais!

     Snapchat: isabellebissoli

Nenhum comentário:

Postar um comentário