16/08/2016

DIY: Quadro/Moldura vintage de madeira! Por que eles são melhores? #OMeuQuartoDosSonhos


Quem ai está muito animado para reformar hein?
Já conferiram as minhas outras dicas do #OMeuQuartoDosSonhos? (se você não sabe:#OMeuQuartoDosSonhos é um projeto aqui do blog onde eu dou dicas para você reformar o seu quarto gastando muito pouco! Se quiser ver o que eu já fiz é só clicar aqui!)
Então hoje eu trouxe um Diy para o quarto de vocês!
Sabe aqueles quadros vintages que toda blogueira tem, que todo quarto tumblr "tem" que ter e que todo mundo piraaaaa?
Então,é exatamente sobre isso que eu vim trazer aqui para vocês!
Só que ao contrário da maioria (que usam o quadro de gesso) eu vim trazer para vocês uma opção bem mais vantajosa: Os quadros de madeira.

Por que o de madeira e não o de gesso?

Que é bonito e fica muito legal isso ninguém precisa dizer, as fotos estão ai para comprovar! Mas o que eu realmente vim falar aqui é o por que de você utilizarem os quadros vintages feitos de madeira e não os feitos de gesso. Vamos lá?

1) Tem em todo canto!


A primeira coisa que eu tenho que falar e que eu acho muito importante para a reforma que queremos fazer é que ele é bem mais pratico de achar!
Sério, na primeira loja que eu fui eu ache,i porém quando fui procurar a de gesso só achei pintado (o que é muito mais caro) ou pela internet (o que não confio para esse material já que pode vim quebrado.)


2) Sua parede agradece!


Um ponto para lá de positivo é que eles são bem mais leves! Tanto que eu os prendi na parede com a dupla face de espuma (que é uma fita adesiva para parede, se quiser posso falar mais sobre isso aqui no blog, é só pedir <3) mas se fosse de gesso isso não seria possível e eu teria que furar a minha parede.=(

3) É mais fácil de pintar!


 E uma coisa muito legal para todas nós é que ele é bem mais fácil de pintar e de secar também!
Super prático!

E fica lindo né gente?





E ai? Gostou das vantagens?
Comenta ai embaixo!
Me siga nas redes sociais:
Snap: isabellebissoli



Nenhum comentário:

Postar um comentário